Integração profissional em tempos de “novo normal”

Um testemunho CRPG

Rui Brito, cliente CRPG, iniciou o seu contrato de trabalho, com a duração de pelo menos um ano, na empresa Pinto & Cruz Elevadores, a 15 de junho.

Com uma ligação de vários anos ao Centro, desde o “início do milénio”, como o próprio referiu, e tendo vivido experiências de emprego e desemprego, Rui Brito realçou a importância da orientação profissional e gestão da carreira, um dos serviços disponibilizados pelo CRPG.

“Conheci o CRPG no início do milénio. Simplesmente apareci como que levado por um impulso. Tinha lido algures sobre o Centro e apareci num dia solarengo. Fui muito bem recebido (…) Foi uma conversa que me tranquilizou. Senti no imediato que não estava só. Durante estes anos (…) receberam-me sempre de braços abertos. (…) e o mais importante mantinha-se…  Os sorrisos… sempre os sorrisos.”

Face à singularidade deste ano, às restrições e medidas aplicadas devido à pandemia Covid -19 que a todos afetaram, também Rui Brito receou que a integração estivesse em causa.

“Iniciaria funções a 15 de março. Uns dias depois é decretado o estado de emergência.  Sou contactado pela empresa para adiar a minha integração para avaliarem o impacto da pandemia e os seus desenvolvimentos (…) Apesar das circunstâncias, a empresa teve uma atitude de enorme nobreza. Como sabiam que estava desempregado, preocuparam-se no imediato em saber se tinha rendimentos financeiros, porque se assim não fosse procurariam alternativa. (…)

Passei por momentos de angústia, com uma enorme incerteza quanto ao futuro, porque vivíamos à altura (e continuamos a viver) tempos difíceis e de enorme complexidade. Também foram tempos de uma enorme introspeção e de pensar no poder que temos em mudar a nossa vida.

Durante este período tive uma vez mais o CRPG a dar apoio (…)  ao longo destes quase 20 anos fizeram-me sentir sempre em CASA. (…)”

Mas gradualmente a vida parece voltar ao seu curso e, a 15 de junho, Rui foi integrado na empresa Pinto & Cruz na função de escriturário de 2.ª e, como nos contou, “não poderia estar mais feliz.” Esta satisfação, como referiu, resulta da forma como foi acolhido por todos na empresa, da interajuda e das suas funções, que passam, resumidamente por

“prestar apoio aos técnicos que fazem a manutenção aos elevadores e o apoio logístico necessário para a resolução do problema, e tratar cada processo administrativamente e estreitar relações com fornecedores e clientes.”

O Rui mostrou-se bastante diligente e autónomo no seu processo de procura de emprego e optou por esta oportunidade de emprego por tê-la considerado “aliciante” e alinhada com “os seus objetivos profissionais”. Concluiu o seu testemunho sobre a integração profissional em tempos de “novo normal”,  dizendo:

“As minhas características profissionais seguem um lema muito simples… ser humilde e ser dedicado e os resultados aparecerão.

Tenho hoje, mais do que nunca, muitos sonhos. Porque o sonho comanda a vida. Vai ficar tudo bem…”

Rui Brito/julho 2020

 

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.