Atividade física adaptada

Acha que a atividade física não é para si? Saiba o que a sua saúde anda a perder…
Mulher jovem com prótese do membro inferior esquerdo, sentado num relvado a fazer alongamentos

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define a saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental, social e espiritual e não apenas a ausência de doença ou enfermidades”.

Assim, a saúde passou a ser um valor mais da comunidade que do indivíduo e a promoção da saúde é a educação de um modo de vida diferente constituindo uma estratégia essencial na prevenção primária em saúde1.

Em todos os instantes da nossa vida, o movimento está presente. Desenvolver alguma forma de atividade física é uma necessidade básica para o bem-estar do ser humano, e é essencial no combate ao sedentarismo e aos seus efeitos nocivos.

A importância da atividade física para a saúde está diretamente relacionada com a melhoria da qualidade de vida, reduzindo consideravelmente os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes, problemas relacionados com a baixa imunidade, além dos transtornos de fundo emocional.

Para as pessoas com diversidade funcional associada a deficiências e incapacidades, os ganhos são ainda maiores: aprimora a força, o equilíbrio, a agilidade, estimula o relacionamento interpessoal, previne a progressão de algumas alterações físico-funcionais degenerativas e promove ganhos da funcionalidade.

No entanto, as formas de o fazer variam bastante. Nem todos sabem, mas atividade física e exercício físico, embora ambos sejam benéficos, não são a mesma coisa.

Vamos conhecer a diferença entre eles2:

Atividade física adaptadaExercício físico
DefiniçãoA atividade física é todo o tipo de movimento produzido pelos músculos, que nos causam um gasto energético acima do que teríamos em repouso. Ou seja, é tudo o que realizamos no dia a dia quando não estamos a descansar.

É todo o movimento em que o destaque é direcionado para os interesses e capacidades das pessoas com diversidade funcional, problemas de saúde ou pessoas mais velhas. 4

Atividade que, além do gasto energético, proporciona maior aptidão física e atlética, resultando em maiores índices de saúde. Também utilizado para recreação e fins estéticos.
Exemplos
  • Andar
  • Correr
  • Dançar
  • Subir e descer escadas
  • Brincar com os filhos/amigos
  • Limpar a casa
  • Passear o cão
  • Cuidar do jardim
  • Musculação
  • Futebol
  • Natação
  • Voleibol
  • Ciclismo


Quais os benefícios da atividade física adaptada
3?

  • Prevenção de complicações secundárias, associadas à doença.
  • Diminuição dos riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como enfarte, acidente vascular cerebral (AVC) e hipertensão.
  • Ajuda no combate à depressão.
  • Aumento da sensação de energia não somente para o trabalho, mas também para aproveitar o tempo livre.
  • Ajuda a dormir e a repousar melhor (promove uma boa higiene do sono).
  • Diminuição da probabilidade de desenvolver diversos tipos de cancro, principalmente quando a atividade física está associada a uma boa alimentação.
  • Promoção e encorajamento do movimento.
  • Desenvolvimento de habilidades motoras e funcionais (mais agilidade, equilíbrio, força, resistência física e coordenação motora).
  • Manutenção e promoção da saúde.
  • Reforço da autoestima e autoimagem.
  • Integração social com outros grupos.
  • Estímulo à independência e autonomia.
  • Desenvolvimento da capacidade de resolução de problemas.
  • Superação de situações de frustração.

Não importa se a pessoa tem como objetivo jogar em competições ou se o faz por pura diversão. O importante é procurar uma modalidade que se adeque às condições e objetivos pessoais, respeitando as limitações de cada um e seguindo todas as normas de segurança para evitar acidentes e estimular sempre o desenvolvimento da potencialidade individual.

Seja em casa, no ginásio, na clínica de reabilitação ou no parque, movimentar-se é a palavra de ordem!

 

Como é feita a escolha da atividade física adequada?

Uma “dica” é escolher uma atividade que tenha mais a ver consigo, com o seu estilo de vida, e que garanta a sua satisfação, diminuindo a probabilidade de abandonar a atividade e voltar ao sedentarismo.

Critérios de seleção

  • Defina os seus objetivos pessoais – emagrecer, ganhar massa muscular, melhorar a sua condição física…
  • Descubra o que gosta de fazer, ninguém vai praticar por muito tempo uma atividade que não gosta.
  • Entenda o seu relógio biológico – este deve ser levado em conta no momento de definir o horário da atividade física. Algumas pessoas têm mais dificuldade em estar ativas no período da manhã, outras não têm disposição à noite. Exercite-se no período do dia em que tem mais disposição para isso.
  • Respeite os seus limites – pode praticar a atividade física que bem entender, no entanto deve respeitar os limites do seu corpo.

 

Recomendações da OMS para a atividade física e comportamento sedentário2

A OMS tem um conjunto de recomendações, organizadas em torno de diferentes perfis. Consulte-as através destas hiperligações.

⇒ Crianças e adolescentes (5-17 anos)

Adultos (18-64 anos)

Idosos (65 anos ou mais)

Mulheres grávidas e no pós-parto

Adultos e idosos com doenças crónicas (18 anos ou mais)

Crianças e adolescentes com diversidade funcional (5-17 anos)

Adultos com diversidade funcional (18 anos ou mais)

 


  1. World Health Organization (2001). International classification of functioning, disability, and health (ICF). Geneva: Switzerland: Author.
  2. https://www.dgs.pt/programa-nacional-para-a-promocao-da-atvidade-fisica/perguntas-e-respostas.aspx
  3. https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/educacao-fisica/a-importancia-da-atividade-fisica-para-a-saude
  4. DePauw, K.P., & Doll-Tepper, G. (1989). European perspectives on adapted physical activity. Adapted Physical Activity Quarterly, 6(2), 95-99.

 

Artigos relacionados

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.